O segredo do sucesso do processo de adoção software em um cliente está ligado diretamente a forma com que conduzimos o processo de implantação. Para quem trabalha na área de TI, esse é um assunto delicado de ser tratado, seja pela visão de agregar serviços (custos), assim como evitar situações que comprometam a empresa após o serviço.

     Agora imaginem um cliente que está comprando "uma solução de análise de dados". Sem dúvida alguma ele quer que tudo o que foi comentado/prometido durante as apresentações estejam de acordo ao final da implantação.

Muitos dizem que basta um Next/Next/Finish e tudo está pronto (plug and play). Ou o pior, o processo ser realizado por equipes sem o correto treinamento e dimensão dos problemas que isso pode acarretar.

     Devemos prover aos nosso clientes o máximo de funcionalidades e entendimento para que seja feita a correta utilização conforme a necessidade de cada cliente. Sem isso, podemos ter certeza que em um futuro bem próximo este cliente poderá optar por outras soluções.

     Estudos comprovam que realizando uma correta implantação reduzimos em 30% a quantidade de problemas posteriores ou devolução . Além disso, ocorre uma melhora na disponibilidade em 53%, além da significativa redução do processo de implantação.

     Baseado nisso, listo algumas das situações que fazem a diferença entre uma instalação de uma correta implantação:

- Entenda a necessidade do cliente e avalie todas as configurações necessárias;

- Promova o máximo de entendimento dos requisitos do cliente para que o produto funcione conforme o necessário;

- Planeje cada etapa, assim como as equipes que serão necessárias para o sucesso do projeto;

- Forneça o material técnico, didático, treinamento e acompanhamento para que o usuário tenha o domínio das tarefas rotineiras;

- Configure o ambiente seguindo as melhores prática estabelecidas pelo  fabricante;

- Avalie as interdependências de funcionalidades e configure-as da melhor maneira possível;

 

Pensem nisso e tente responder a pergunta agora