Após o lançamento do Qlik Sense, já fazia um tempo que não aparecia uma novidade relevante para quem desenvolvia com Qlikview.

 

Apesar dos recentes anúncios de continuidade do Qlikview, todas as novidades tem como foco a melhoria na escalabilidade e confiabilidade da infraestutura de ambientes Qlikview.

 

Um grande anúncio havia sido a incorporação da nova versão do engine QIX no Qlikview 12, que já estava presente no Qlik Sense.

Isso trouxe melhorias na performance e na utilização de memória, mas nada muito concreto para o desenvolvedor, a não ser por uma novidade, a possibilidade de fazer classificação na função AGGR através dos parametros estruturados.


Segundo a documentação a classificação na função AGGR somente seria possível através do uso de campo físico e com os tipos de classificação TEXT, FREQUENCY, NUMERIC, LOAD_ORDER. Não há referência ao uso de expressões como critério de classificação.


Isso até hoje quando li a publicação do Henric Cronström HIC, o mestre dos magos da Qlik , com uma nova dica sobre análise de Pareto.

 

Para mim a sua dica é um presente de natal para os desenvolvedores Qlik.

 

A sua publicação nos mostra como desenvolver a regra de pareto como dimensão que  pode ser usada em gráficos ou listas de filtro.

 

Veja a dica aqui neste link: Recipe for a Pareto Analysis – Revisited

 

Depois nos conte como você fez uso desta dica, seja para pareto ou qualquer outro caso de uso.

 

Bom divertimento,

 

Pablo Labbe