3 Replies Latest reply: Apr 26, 2017 9:24 AM by MARIO SOARES RSS

    sobre as particularidades da ferramenta qlikview

    daniel veloso

      Boa noite Pessoal.

      Estou com 2 dúvidas sobre a ferramenta qlikview.

       

      1-) A vantagem in-memory do QlikView que permite eu trabalhar sem data warehouse ? Existe outra ferramenta para projetar os dashboards que nao precise de data warehouse ?

       

      2-)"Compacta os dados a até 10% de seu tamanho original." Ele diminui o arquivo em 10x ou apenas 10% do tamanho original ?

       

      Desde já, agradeço.

      att. Daniel Veloso.

        • Re: sobre as particularidades da ferramenta qlikview
          MARIO SOARES

          Amigo, segue;

           

          1- De forma simples, Data Warehouse (DW) é o armazém de dados, onde convém de ser concentrado os dados analíticos do negócio (pode ser em um banco dados analítico ou em uma pasta por exemplo), você pode ter ou não ter um DW, depende dos requisitos, mas tudo podendo ser gerido pela plataforma Qlik (ETL integrado). Tanto a plataformas QlikView quanto Qlik Sense são in-memory, o que significa que os dados são processados em memória, evitando muito leituras/escritas lentas em disco, aproveitando muito mais a performance com a RAM, incluindo a questão associativa exclusiva da solução. No caso do QlikView, se quiser, poderá trabalhar sem DW e com somente o Arquivo de projeto QVW, já contendo os gráficos, dados, pastas... Porém poderá gerar ou aplicar Carga em arquivos QVD a partir da fonte e trabalhar com DW e ETL (Extração, Transformação e Carga), os QVD(s) Carregados representam os dados que poderão ser Extraído posteriormente para a memória quando realizado a carga via script na plataforma (em alta performance, pois o QVD representa as tabelas de Dados e de Símbolos que ficarão na memória quando carregados, e muitas vezes sem precisar desempacotar "carga otimizada");

          QlikView é uma plataforma de BI, pode também simplesmente desenvolver painéis, mas preferível que o objetivo seja gerar conhecimento para o negócio como um solução completa de BI.

          Para depuração e testes, trabalhar com QVD é mais confortável.

          Para Arquitetura de Dados, costumo dizer que pode representar 85% do esforço em BI (porém com Qlik isso representa menos H/H em comparação a outras plataformas), pois onde se encontra a parte mais técnica, sendo necessário traduzir/esculpir os dados brutos para conhecimento de negócio. Como estivesse lapidando um diamante que aparentemente parece uma pedra.

           

          2- A plataforma QlikView poderá gerar arquivos QVD(s) que tem suas características singulares em comparação a outros modelos no mercado, sua estrutura interna é formado por Tabelas de Dados com binários e/ou ponteiros para as Tabelas de Símbolos que apresentam as representações de caracteres, ou seja, para cada tabela lógica, é gerado duas tabelas internas e otimizadas;

          Na Tabela de Símbolos, só é registrados os dados distintos, não repetindo as representações de dados, por isso o arquivo QVD pode apresentar compactação em até 90% da estrutura real da fonte, mas dependerá das quantidades de registros distintos, pois estes serão gravados somente uma vez na tabela de Símbolos;

           

          Anexei uns arquivos, um pouco antigas mas ainda uma boa referência.

          Se desejar mergulhar neste mundo de BI, recomendo livros baseados no Ralph Kimball, (Lembrando que a plataforma Qlik tem suas particularidades). Vide: A Myth about the Number of Hops

           

          Complementos:

          Symbol Tables and Bit-Stuffed Pointers

          Boas praticas de ETL

          DW - Boas Práticas ETL